Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (2023)

Ratatoiulle: Trailer dublado

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (1)

Ratatouille (Ratatui (título em Portugal) é um filme americano do gênero animação, sendo o oitavo longa-metragem do gênero produzido pela Pixar e lançado em 2007. Conta a história de Remy, um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chef de cozinha. O filme foi dirigido por Brad Bird, que assumiu depois de Jan Pinkava em 2005, foi lançado nos EUA em 29 de Junho de 2007 e foi lançado no Brasil em 6 de Julho do mesmo ano.

O elenco que interpreta as personagens da animação é composto por: Patton Oswalt como o protagonista, o rato Remy. Brad Garrett, dá voz ao chef Auguste Gusteau. O pai de Remy, Jango, é interpretado por Brian Dennehy. Outras vozes conhecidas são de Janeane Garofalo, Ian Holm, o consagrado ator Peter O’Toole, além de Lou Romano e Peter Sohn, que participaram de Os Incríveis (trabalho anterior de Bird).

O filme foi bem recebido pelo público e pela crítica. Na estreia, teve uma arrecadação considerada baixa em relação a outros filmes da Pixar, mas no final foi um sucesso de bilheteira, arrecadando mais de 600 milhões de dólares,o longa recebeu diversos prêmios, inclusive o Óscar de animação em 2008.

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (2)

Informações Gerais

No Brasil:Ratatouille
Em Portugal:Ratatui
Origem: Estados Unidos
Ano: 2007 Duração: 111 min
Direção: Brad Bird
Codireção: Jan Pinkava
Produção:
Brad Lewis
Galyn Susman (associada)
Produção executiva
John Lasseter
Andrew Stanton
Roteiro: Brad Bird
História
Jan Pinkava
Jim Capobianco
Brad Bird
Gênero
animação
comédia
Música: Michael Giacchino
Cinematografia
Robert Anderson
Sharon Calahan
Edição:
Darren Holmes
Stan Webb
Companhia(s) produtora(s):
Walt Disney Pictures
Pixar Animation Studios
Distribuição: Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento:
Estados Unidos 29 de Junho de 2007
Brasil 6 de Julho de 2007
Portugal 15 de Agosto de 2007
Idioma: inglês
Orçamento: US$ 150 milhões
Receita: US$ 623 722 818

Sinopse

Remy (Patton Oswalt) é um rato que reside em Paris e sonha se tornar um grande chef. Só que sua família é contra a idéia, além do fato de que, por ser um rato, ele sempre é expulso das cozinhas que visita. Um dia, enquanto estava nos esgotos, ele fica bem embaixo do famoso restaurante de seu herói culinário, Auguste Gusteau (Brad Garrett). Ele decide visitar a cozinha do lugar e lá conhece Linguini (Lou Romano), um atrapalhado ajudante que não sabe cozinhar e precisa manter o emprego a qualquer custo. Remy e Linguini realizam uma parceria, em que Remy fica escondido sob o chapéu de Linguini e indica o que ele deve fazer ao cozinhar.

Elenco

  • Patton Oswalt como Remy
  • Lou Romano como Alfredo Linguini
  • Peter Sohn como Emile
  • Janeane Garofalo como Colette Tatou
  • Brian Dennehy como Django
  • Ian Holm como Skinner
  • Brad Garrett como Auguste Gusteau
  • Peter O’Toole como Anton Ego
  • Will Arnett como Horst
  • Julius Callahan como Lalo e François
  • James Remar como Larousse
  • John Ratzenberger como Mustafa
  • Teddy Newton como Advogado Talon Labarthe
  • Tony Fucile como Pompidou
  • Brad Bird como Ambrosio
  • Jake Steinfield como Ratão
  • Stéphane Roux como Narrador

Produção

Cenário

O projeto de Ratatouille iniciou-se com o diretor Jan Pinkava, que já havia ganhado um Oscar pelo curta metragem Geri’s Game (1997). Ele começou a criar o conceito do filme em 2001, quando também iniciou a direção de algumas cenas da animação. Pinkava deu origem ao desenvolvimento do modelo original da trama, o cenário e aos personagens do núcleo principal. Porém, o rumo que a história começou a tomar fez com que a Pixar desaprovasse o roteiro do diretor, acabando por substituí-lo por Brad Bird em 2005.Essa mudança de diretores se deve à complexidade da história imaginada por Pinkava, com muitos personagens principais e subtramas.

Quanto a Bird, ele já havia dirigido outro filme do mesmo estúdio, Os Incríveis(The Incribles) (2004), e quando começou a trabalhar em Ratatouille, ele afirmou que a estranheza do conceito e do conflito do filme fez com que ele ficasse bastante atraído à animação, em uma entrevista ele disse: “esta é uma história sobre um rato que tem sentidos extraordinários de cheiro que se vê ser levado para cozinhar e não tem qualquer ideia de como se tornar um chef de cozinha. De repente, literalmente, Remy cai na cozinha de um restaurante através da claraboia. Uma das coisas maravilhosas sobre essa premissa é que os “ratos são a morte de um restaurante e um restaurante é a morte dos ratos”.Quando Bird começou a dirigir o filme, ele fez uma mudança no ênfase da história. Ele matou o Gusteau, deu papéis maiores para os personagens Skinner e Colette, e alterou a aparência dos ratos, de modo no qual eles aparentassem ser menos antropomórficos.

(Video) RATATOUILLE | filme completo dublado em português pt-br

Ratatouille tenta apresentar uma visão romântica e exuberante de Paris, dando-lhe uma identidade distinta dos filmes anteriores da Pixar. Depois do término da edição do script do filme, o diretor Brad Bird, o produtor Brad Lewis, e alguns membros envolvidos na produção da animação, passaram uma semana em Paris com o objetivo de compreender corretamente o ambiente da cidade. Eles visitaram os principais monumentos, fizeram um passeio de moto e comeram nos cinco melhores restaurantes parisienses, com a intenção de dar mais realidade à animação. Quando voltaram aos Estados Unidos, a equipe utilizou 4500 fotografias de Paris como referência para o filme,e continuaram a desenvolver a trama por mais dois anos. De acordo com Bird, este foi o tempo que levou para os técnicos experimentarem coisas que não poderiam ser feitas de outra maneira.

Ratatouille: Anto Ego Prova o Ratatouille

Decoração e comida

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (3)

Um dos principais desafios encarados pelos cineastas foi a criação da decoração, especialmente aqueles relacionados a comida, já que se tratava de uma animação gerada por computador. Segundo o diretor, o objetivo era fazer com que os alimentos aparentassem ser deliciosos. Para isso, a equipe consultou vários chefs gastronômicos, tanto do americanos equanto da franceses.Os animadores também frequentaram aulas em escolas de culinária na Baía de São Francisco durante seis anos, tudo para que pudessem entender o funcionamento de uma cozinha comercial.

A equipe também contou com a colaboração do gerente do Departamento de Layout do filme, Michael Warch, que já tinha uma certa experiência com culinária antes de ir trabalhar para a Pixar, o que permitiu que ele ajudasse outros técnicos, designers e decoradores com a parte alimentícia do longa.O chef de cozinha Thomas Keller é outro profissional da culinária que ajudou a desenvolver a animação dos alimentos. Ele permitiu que o produtor Brad Lewis fizesse um estágio de dois dias em seu restaurante, o The French Laundry, que é voltado à culinária francesa. Keller também ensinou aos criadores da produção algumas características da culinária francesa, como por exemplo, o funcionamento interno de uma cozinha parisiense, e também atuou como consultor-chefe na parte da preparação dos alimentos, isso durante o treinamento dos profissionais da animação em seu estabelecimento.

Para a criação da animação do prato que dá nome ao filme, Keller observou que o ratatouille era geralmente servido como um prato de acompanhamento, e ele percebeu que para a trama isto soaria algo como “desmancha-prazeres”, já que o objetivo era dar destaque ao prato que dá título à animação. Então, ele se concentrou na criação de uma versão fantasiosa do ratatouille, no qual ele nomeou de “confit byaldi”, que foi posteriormente utilizado na cena do filme em que os ratos começam a cozinhar. Para a sua criação, Keller cortou cada vegetal em papel fino, e depois as empilhou como uma espécie de pequena escultura.

Para dar um maior realismo às frutas e aos vegetais do filme, foi utilizada uma tecnologia de animação chamada de espalhamento de subsuperfície, que já havia sido utilizada em uma outra produção da Pixar, Os Incríveis (The Incredibles) (2004) para a pele das personagens. Esta técnica de animação foi acompanhada de novos programas que deram aos alimentos movimentos e uma textura orgânica.No filme, sempre que o personagem Remy experimentava um alimento, aparecia uma música especial, que era acompanhada de imagens abstratas que eram exibidas no fundo de uma tela, tudo para representar as sensações do personagem enquanto ele apreciava a comida.

Essas metáforas visuais foram criadas pelo animador Michel Gagné que se inspirou nos trabalhos dos animadores artísticos Oskar Fischinger e Norman McLaren.A equipe de animação também utilizou comida estragada. Para fazer uma pilha de adubo, por exemplo, o Departamento de Artes fotografou quinze alimentos diferentes, como maçãs, uvas, bananas, cogumelos, laranja, brócolis e alface, todos no processo de decomposição.

Os profissionais também se certificaram em não fazer uma comida real demais, pois isso poderia distrair ou se destacar no filme, o que não era a intenção deles. Segundo em uma notícia publicada no site da Pixar, os desenvolvedores se concentraram em três coisas ao fazer a animação dos alimentos: suavidade, reflexão e saturação. A suavidade foi uma indicação de quanta luz o alimento deveria receber, a saturação foi uma ideia de quais cores seriam mais recomendáveis, já que cores ricas ressaltariam um alimento de qualidade, e por fim, a reflexão, que seria uma relação com a umidade, que segundo eles, é uma característica que os alimentos mais comestíveis e considerados atraentes contém.

APRENDA A FAZER O FAMOSO RATATOUILLE- DAYSE PAPAROTO

(Video) RATATOUILLE - FILME COMPLETO

Personagens

De acordo com o designer da Pixar, Jason Deame, grande parte dos personagens do filme foram criados quando Jan Pinkava ainda estava no cargo da direção do projeto.Ao deixar a trama, Pinkava falou sobre sua inspiração para a criação do personagem Remy: “As pessoas sempre querem saber de onde vêm as ideias. A verdade é que, um dia, eu estava na cozinha com a minha esposa, e, de repente, eu tive uma ideia: ‘e se um rato quisesse se tornar em um chef [de cozinha]?’ Quando comecei a dizer isso para as pessoas, todos começaram a rir. É realmente uma ideia bem maluca”.Ele também citou como exemplo o personagem Anton Ego, no qual diz que fora projetado para se assemelhar com um abutre.

Os profissionais da animação consultaram um especialista em roedores chamado Debbie Ducommun (também conhecido como “Rat Lady”) para obter mais informações sobre os hábitos dos ratos e as suas características.A equipe do filme também criou um viveiro no corredor do estúdio por mais de um ano, onde continham ratos de estimação que foram utilizados para que os animadores pudessem estudar o movimento de seus pêlos, narizes, orelhas, patas e cauda quando corriam.Quanto aos personagens humanos de Ratatouille, eles foram projetados e animados sem os dedos, devido a necessidade que os profissionais tiveram em economizar tempo.

Quanto a escolha de vozes, Brad Bird escolheu o humorista Patton Oswalt para dublar o personagem Remy, depois de ouvir uma de suas comédias. Todos os atores selecionados para o processo de voz dos personagens tiveram que dublar com um sotaque francês autêntico. No entanto, John Ratzenberger, que faz o personagem Mustafa — o garçom do restaurante de Gusteau — utilizou um sotaque italiano.

Trilha Sonora

Brad Bird convidou Michael Giacchino para fazer a trilha sonora de Ratatouille. Giacchino já tinha feito a trilha sonora de Os Incríveis – outro filme da Pixar, que também havia sido dirigido por Brad Bird. A trilha sonora possui vinte e quatro faixas, sendo que destas, todas são instrumentais, exceto a canção “Le Festin” que é cantada pela cantora francesa Camille.

Trilha sonora: de Michael Giacchino
Lançamento: 26 de junho de 2007
Gênero(s): Música clássica
Duração: 62:23
Gravadora(s): Walt Disney Records

Nº / Título / Duração
1. “Le Festin” (Cantada por Camille) / 2:50
2. “Welcome to Gusteau’s” / 0:38
3. “This Is Me” / 1:41
4. “Granny Get Your Gun” / 2:01
5. “100 Rat Dash” / 1:47
6. “Wall Rat” / 2:41
7. “Cast of Cooks” / 1:41
8. “A Real Gourmet Kitchen” / 4:18
9. “Souped Up” / 0:50
10. “Is It Soup Yet?”/ 1:16
11. “A New Deal” / 1:56
12. “Remy Drives a Linguini” / 2:26
13. “Colette Shows Him le Ropes” / 2:56
14. “Special Order” / 1:58
15. “Kiss & Vinegar” / 1:54
16. “Losing Control” / 2:04
17. “Heist to See You” / 1:45
18. “The Paper Chase” / 1:44
19. “Remy’s Revenge” / 3:24
20. “Abandoning Ship” / 2:55
21. “Dinner Rush” / 5:00
22. “Anyone Can Cook” / 3:13
23. “End Creditouilles” / 9:16
24. “Ratatouille Main Theme” / 2:09
Duração total:
62:23

Ratatouille: Le Festin-Camille

Recepção

Crítica

Ratatouille recebeu diversos comentários bastante positivos dos críticos especializados em cinema. O agregador de resenhas Rotten Tomatoes, que faz uma média da aprovação de um filme baseando-se nas críticas recolhidas, deu a animação uma classificação de 96% com base em 219 comentários. O consenso do site diz o seguinte: “Pixar consegue novamente com Ratatouille, um filme incrivelmente animado com um ritmo rápido, personagens memoráveis, e um bom humor geral”. A trama também venceu o prêmio “Tomate de Ouro”, criado pelo Rotten Tomatoes para as produções que receberam ao longo do ano as melhores críticas da imprensa especializada no site.No Metacritic, Ratatouille também obteve uma recomendação de 96%, com base em 37 avaliações recolhidas. A nota é considerada pelo site “aclamação universal”, e até junho de 2009 a animação era o sétimo filme melhor avaliado de todo o Metacritic.

O crítico de cinema A. O. Scott do jornal The New York Times disse que Ratatouille é “um pedaço quase impecável da arte popular, bem como um dos retratos mais persuasivos de um artista que está sempre empenhado em um filme”, disse referindo-se ao personagem Remy.Ele continuou sua crítica ao filme dizendo: “À primeira vista, Ratatouille pode parecer não muito inovador, uma vez que roedores peludos não são uma novidade em desenhos animados. Mas as inovações não deixam de estar lá, no grão fino de cada imagem: no olhar emaranhado de pele de rato molhado, na boa utilização dos arranhões brilhantes nas pátinas de panelas de cobre, na umidade presente sobre a superfície dos vegetais cortados e no avental dos cozinheiros manchado de molho“.

(Video) A verdadeira HISTÓRIA de RATATOUILLE que ACONTECEU na VIDA real.

Ele terminou sua revisão do filme com um simples “obrigado” para os criadores da animação. Outro crítico chamado Paul Arendt, escrevendo para a BBC, também deu um comentário positivo sobre o filme. Em sua revisão ele disse que a animação era um retorno glorioso da Pixar, após sua produção lançada no ano anterior, Carros, ser considerado decepcionante.Ele continuou dizendo: “Ratatouille” é uma carta de amor à comida e ao cozimento. Bird vem com tudo para infectar o público com o amor de Remy pela cozinha, utilizando recursos visuais alucinantes para ilustrar por exemplo, o aroma de um pedaço de queijo”; “A animação é excelente, o trabalho vocal é impecável, o script é espirituoso, o conflito central entre os laços familiares e a busca da excelência é sutilmente manipulada. Basicamente, esta é uma obra prima”.

A reação do filme na França, país onde se passa a animação, também foi extremamente positiva. Thomas Sotinel, crítico do jornal francês Le Monde, saudou a trama como “um dos maiores filmes gastronômicos da história do cinema”, além de notar uma comédia burlesca na animação. Em uma parte de sua crítica, ele se dirige aos espectadores franceses: “Ratatouille reflete nossa capital [Paris] com uma afeto sincero da imagem francesa, alimentado pela cultura e a fantasia, que esteve presente em algumas produções de Hollywood há meio século”.

No Brasil, assim como em outros países,a animação também foi bem recebida pelos veículos de mídia locais. Viviane França do site brasileiro Cine Pop, deu ao filme quatro estrelas de cinco, dizendo que Ratatouille trazia os “ingredientes” necessários para fazer da animação uma boa sessão pipoca.Marcelo Forlani do site Omelete, notou que Ratatouille é uma produção bastante diferente das outras feitas pela Pixar, segundo o crítico: “Brad Bird leva a Pixar para fora do seu mundo de monstros de sonhos, brinquedos que falam, carros irresponsáveis e peixes que se perdem”.

Anton Ego prova o Ratatouille

Comercial

América do Norte

Em sua semana de lançamento na América do Norte, Ratatouille foi exibido em 3940 salas de cinema, faturando mais de 47 milhões de dólares em sua estreia, tornando-se no filme de maior bilheteria daquela semana. Entretanto, o arrecadamento de 47 milhões de dólares foi considerado baixo para uma produção da Pixar, já que os filmes anteriores do estúdio, Os Incríveis (The Increbles) (2004) e Carros (2006) conseguiram faturar durante o mesmo período 70,5 milhões e 60,1 milhões, respectivamente.Até 2007, Ratatouille foi o segundo filme da Pixar com o pior resultado em uma semana de estreia, atrás apenas de A Bug’s Life (1998) — Vida de Inseto, no Brasil que faturou 33,3 milhões de dólares durante o mesmo período.Um dos motivos para o desempenho considerado ruim durante os primeiros sete dias foi a concorrência, pois na mesma semana em que a animação foi lançada, muitas outras produções consideradas de peso também estavam sendo comercializadas, entre eles Live Free or Die Hard e Transformers.

No total, Ratatouille obteve um lucro de 206 milhões de dólares na América do Norte, tornando-se no quarto pior resultado da Pixar na região, atrás de A Bug’s Life que faturou 162 milhões, e Carros 2 (2011) e Toy Story (1995), ambos com um lucro de 191 milhões.Entretanto, Ratatouille conseguiu posicionar-se na 11ª posição na lista dos filmes de maiores bilheterias do ano de 2007 nos Estados Unidos e Canadá.

Em outras regiões

Embora a recepção comercial não tenha sido muito alta na América do Norte, no restante do mundo, a animação conseguiu uma recepção bastante animador. Na França, por exemplo, quebrou o recorde de maior estreia para um filme de animação.Em seus primeiros dias de exibição no país, Ratatouille contou com uma média de 2706 espectadores por tela, além de faturar US$ 16 milhões através dos mais de 1.951.074 ingressos vendidos.Ficou no topo das bilheterias francesas durante seis semanas, arrecadando no total mais de 65 milhões de dólares.Ratatouille tornou-se no filme mais lucrativo do ano de 2007 na França, ficando na frente de produções como Homem-Aranha 3, Harry Potter and the Order of the Phoenix e Pirates of the Caribbean: At World’s End.A animação também obteve resultados bastante favoráveis na Alemanha e no Reino Unido, onde conseguiu um lucro de 50 milhões e 48 milhões de dólares, respectivamente.Quanto aos países lusófonos, Ratatouille obteve um arrecadamento superior a US$ 9 milhões no Brasil, liderando as bilheterias brasileiras durante uma semana.Em Portugal, teve um lucro de US$ 4 milhões, levando por três semanas consecutivas o título de filme mais rentável nos cinemas do país.

Ratatouille obteve um lucro de 623 722 818 dólares mundialmente, tornando-se no quinto filme de maior bilheteria da Pixar, atrás apenas de Toy Story 3, Finding Nemo, Up e The Incredibles.

Ratatouille:Remy melhora a Sopa

(Video) CF (Cultura Fênix) - Filme Ratatouille

Premiações e Indicações

Data de cerimônia / Premiação / Categoria / Nomeados / Resultado

20 de outubro de 2007 / World Soundtrack Awards / Melhor canção original escrita para um filme ( pela canção “Le Festin”) / Michael Giacchino & Camille / Indicado
27 de outubro de 2007 / Hollywood fime festival / Animação do ano / Venceu
5 de dezembro de 2007 / National Board Of Rewiew / Melhor filme de animação / Venceu
9 de dezembro de 2007 / Boston Society of films critics / Melhor roteiro / Brad Bird / Venceu
9 de dezembro de 2007 / Los Angeles filme Critics Association / Melhor animação / Venceu (junto com Persopolis)
9 de dezembro de 2007 / Washington D.C Area Film Critics Association / Melgor filme de animação / Venceu
13 de dezembro de 2007 / Chicago Film Critics Association / Melhor filme de animação / Venceu
13 de dezembro de 2007 / Chicago Film Critics Association / Melhor roteiro orignal / Brad Bird / Indicado
17 de dezembro de 2007 / Dallas- Fort Worth Film Critics Association / Melhor filme de animação / Venceu
17 de dezembro de 2007/ Satellite Awards / Melhor filme, animação ou mídia mista / Venceu
17 de dezembro de 2007/ Satellite Awards / Melhor trilha sonora original / Michael Giacchino /Indicado
17 de dezembro de 2007/ Satellite Awards / Melhor DVD juvenil / Venceu
17 de dezembro de 2007 / Southasterm Film Critics Association Awards / Melhor filme de animação / Venceu
18 de dezembro de 2007 / Phoenix Film Critics Society / Melhor filme de animação / Venceu
18 de dezembro de 2007 / San Diego Film Critics Society Awards / Melhor filme de animação / Venceu
18 de dezembro de 2007 / Toronto Film Critics Association Awards / melhor filme de animação / Venceu
21 de dezembro de 2007 / Florida Film Critics / Melhor de animação / Venceu
21 de dezembro de 2007 / Las Vegas Film Critics Society Awards / Melhor filme de animação / Venceu 21 de dezembro de 2007 / Las Vegas Film Critics Society Awards / Melhor filme familiar / Venceu 7 de janeiro de 2008 / Broadcast film Critics Association / Mrlhor filme de animação / Venceu
8 de janeiro de 2008 / People’s Choice Awards / Filme familiar favorito / Indicado
9 de janeiro de 2008 / Online Film Critics Association / Melhor animação / Venceu
9 de janeiro de 2008 / Online Film Critics Association / Melhor roteiro original / Brad Bird / Indicado
11 de janeiro de 2008 / Central Ohio Film Critics Association / Melhor filme de animação / Venceu
12 de janeiro de 2008 / Kansas City Film Critics Circle / Melhor filme de animação / Venceu
13 de janeiro de 2008 / Globo de Ouro / Melhor filme de animação / Brad Bird / Venceu
2 de fevereiro de 2008 / PGA Awards / Produtor do ano em filmes de animação / Brad Lewis / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhores efeitos animados / Gary Bruins / Indicado
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor efeitos animados / Jon Reisch / Indicado
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor filme de animação / Pixar Animation Studios/ Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor personagem animado em um filme / Michal Makarewicz / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor desenho de personagem em um fime de animação / Carter Goodrich / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor direção em um filme de animação / Brad bird / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor música em um filme de animação / Michael Giacchino / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor desenho de produção em um filme de animação / Harley Jessup / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor storyboard de um fime de animação / Ted Mathot / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor atuação de voz em um filme de animação / Janeane Garofalo / Indicado
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor atuação de voz em um filme de animação / Ian Holm / Venceu
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor atuação de voz em um filme de animação / Patton Oswalt / Indicado
8 de fevereiro de 2008 / Annie Awards / Melhor roteiro em um filme de animação / Bad Bird / Venceu
10 de fevereiro de 2008 / British Academy of film and Television Arts / Melhor filme de animação / Brad Bird / Vence
10 de fevereiro de 2008 / Grammy Awards / Melhor trilha sonora para um filme, programa ou outra mídia visual / Michal Giacchino / Venceu
14 de fevereiro de 2008 / Art Directors Guild / Longa metragem-filme de fantasia / Harley Jessup / Indicado
17 de fevereiro de 2008 / American Cinema Editors / Melhor edição em longa metragem-comédia ou musical / Indicado
21 de fevereiro de 2008 / Visual Effects Societ Awards / Personagem animado marcante em um filme de animação por “Colette” / Janeane Garofalo, Jaime Landes, Konishi Sonoko & Paul Aichele / Venceu
21 de fevereiro de 2008 / Visual Effects Societ Awards / Efeitos notáveis em um desenho animado, pata cenas rápidas / Darwyn Peachey, Chen Shen, Eric Froemling & Tolga Goktekin / Indicado
21 de fevereiro de 2008 / Visual Effects Societ Awards / Efeitos notáveis em um desenho animado,para as comidas / Jon Reisch, Jason Jonhston , Eric Froemling & Tolga Goktekin
21 de fevereiro de 2008 / Visual Effects Societ Awards / Efeitos visuasi secundários notáveis em um filme / Michael Fong, Apurva Shah, Christine Waggoner & Michael Fu / Venceu 24 de fevereiro de 2008 / oscar / Mrlhor filme de animação / Brad Brid / Venceu
24 de fevereiro de 2008 / oscar / Melhor trilha sonora / Michael Giacchino / Indicado
24 de fevereiro de 2008 / oscar / Melhor edição de som / Randy Thom & Michael Silvers / Indicado
24 de fevereiro de 2008 / oscar / melhor mixagem de som / Randy Thom, Michael Semanick & Doc kane / Indicado
24 de fevereiro de 2008 / oscar / Melhor roteiro original / Brad Bird, Jan Pinkava & Jim Capobiano / Indicado
9 de março de 2008 / Empire Awards / Melhor filme / Indicado
9 de março de 2008 / Empire Awards / Melhor comédia / Indicado
29 de março de 2008 / Kids Choice Awards / Filme de animação favorito / Venceu
30 de março de 2008 / Young Artist Awards / Melhor Filme de (animação) / Venceu
8 de maio de 2008 / Golden trailer Awards / Melhor film de animação / Indicado
24 de junho de 2008 / Saturn Awards / Melhor filme de animação / Venceu
24 de junho de 2008 / Saturn Awards / Melhor roteiro / Brad Bird / Venceu
Christopher Award / Filmes de longa metragem / Venceu

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (4)

Prêmios e indicações
Totais
Prêmios recebidos: 42
Indicações: 61

Ratatouille-Remy entra na casa da velhinha

Jogo eletrônico

Ratatouille (em Portugal Ratatui) é um jogo baseado no filme da Pixar, Ratatouille (br) / Ratatui (pt). O jogo foi desenvovlido pela Heavy Iron Studios e publicado pela THQ, Nintendo (Gamecube apenas) e SCEA (PS2 e PS3 apenas) em 26 de junho de 2007, dois dias antes da primeira exibição do filme na Rússia (primeiro país a estrear o filme). Ratatouille foi inicialmente lançado em doze plataformas – Wii, Nintendo DS, PlayStation 3, PlayStation 2, PSP, Xbox 360, Xbox, Nintendo GameCube, Game Boy Advance, Windows, Mac OS X, e celulares (br) / telemóveis (pt) – fazendo do jogo o maior lançamento multi plataforma da história da THQ.

O jogo é do estilo plataforma para todas as versões, com exceção dos celulares, PSP, DS e GBA que possuem gráficos diferentes.

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (5)

Produtora(s): Heavy Iron Studios
Editora(s): HQ
Plataforma(s): Xbox, Xbox 360, PS2, PS3, PSP, GameCube, Wii, GBA, DS, Mac OS X, Windows, Celular
Lançamento: Estados Unidos 26 de junho de 2007
Japão 2 de agosto de 2007
União Europeia 28 de setembro de 2007
Gênero(s): Plataforma
Modos de jogo: Single Player

Fotos:

Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (6)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (7)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (8)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (9)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (10)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (11)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (12)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (13)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (14)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (15)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (16)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (17)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (18)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (19)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (20)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (21)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (22)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (23)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (24)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (25)
Ratatouille é um filme produzido pela Disney de 2007 (26)

Referências: Wikipédia,IMDB e Imagoi.

FAQs

Em que ano foi criado o Ratatouille? ›

Ratatouille (prt: Ratatui; bra: Ratatouille) é um filme estado-unidense do gênero animação, sendo o oitavo longa-metragem do gênero produzido pela Pixar e lançado em 2007. Conta a história de Remy, um rato vivendo em Paris que sonha em se tornar um chef de cozinha.

Quem criou o filme Ratatouille? ›

O projeto de Ratatouille iniciou-se com o diretor Jan Pinkava, que já havia ganhado um Oscar pelo curta metragem Geri's Game (1997). Ele começou a criar o conceito do filme em 2001, quando também iniciou a direção de algumas cenas da animação.

Onde se passa o filme Ratatouille? ›

Os locais em Paris que aparecem no filme de animação Ratatouille se transformaram em um fenômeno turístico na cidade. A prefeitura lançou até um roteiro para seguir os passos do ratinho cozinheiro Remy pela capital francesa, onde se passa o filme.

Onde nasceu o Ratatouille? ›

Originário de Nice, o ratatouille é um elemento tradicional da cozinha provençal francesa, mas, atualmente, há muitas variações populares na Europa.

Tem Ratatouille na Disney? ›

Assistir a Ratatouille | Filme completo | Disney+ Em um dos melhores restaurantes de Paris, Remy, um determinado rato jovem, sonha em se tornar um renomado chef francês, desencadeando uma hilária série de acontecimentos.

O que quer dizer a palavra Ratatouille? ›

A palavra ratatouille é derivada do termo occitano ratatolha e as palavras francesas rata significam ensopado robusto e touiller, que significa agitar ou mexer.

Como se pronuncia Ratatouille em português? ›

rat-a-tat. ratable. ratafia. ratatouille.
...
ratatouille.
Traduções principais
InglêsPortuguês
ratatouille n(tomato and vegetable stew) (cozido)ratatouille sf
My favorite vegetarian dish is ratatouille.

Como o Gusteau morreu? ›

Depois de provar o cogumelo, Remy chega a conclusão que precisa de açafrão para melhorar o sabor. Visto isso, ele e Emile vão à cozinha da casa. Por um documentário na televisão, Remy descobre que Gusteau morreu recentemente de depressão após seu restaurante ter perdido.

Qual a moral de Ratatouille? ›

Ao conseguir chegar ao restaurante e se deparar com tanta comida, o ratinho não ingere nada, pois o espírito do chef Gusteau aparece para dar uma das várias lições de moral: “Não roube comida, crie”. Tudo bem que roubar é errado, tudo bem que o filme é para as crianças, mas tudo tem um limite.

Porque Ratatouille não teve continuação? ›

“Os estúdios costumam fazer sequências porque tem poucos filmes originais de sucesso, mas nosso modelo de negócio é diferente: não fazemos a sequência se o diretor tiver uma ideia original que gostamos e queremos investir”, afirmou.

Tem o filme do Ratatouille na Netflix? ›

Ratatouille não está disponível na Netflix Brasil O título está disponível no Netflix em outros países e com algumas etapas simples você pode desbloqueá-lo.

Qual o nome do irmão do Ratatouille? ›

Emile é um personagem maior do filme de 2007 da Disney/Pixar, Ratatouille. Ele é o irmão mais velho de Remy.

Quem é o vilão de Ratatouille? ›

Ratatouille. Skinner é o chefe de cozinha do famoso restaurante Gusteau's. Ele era chefe de cozinha de Gusteau, mas se tornou o chefe de cozinha após a morte repentina de Gusteau.

Como foi feito o filme Ratatouille? ›

Os realizadores e a equipe artística de 'Ratatouille' criaram mais de 270 pratos de comida no computador. Cada item comestível foi literalmente preparado e estilizado em cozinhas de verdade, para, então, serem fotografados como referência e, por fim, saboreados.

Porque Ratatouille? ›

O Ratatouille é uma receita clássica francesa, típica da região de Provença. Seus primeiros registros são datados do final do século XVII. De acordo com alguns registros, sua criação foi feita por camponeses e agricultores da França que precisavam usar a colheita dos vegetais amadurecidos frescos de verão.

Onde fica o restaurante Ratatouille? ›

Ele fica localizado no parque Walt Disney Studios, na Disneyland Paris, na área do Ratatouille. Atualmente, é um dos restaurantes temáticos mais procurados.

Como escrever quanto? ›

Em quanto é uma expressão formada pela junção da preposição em com o pronome quanto. Pode ser indefinido, relativo ou interrogativo. Esse tipo de expressão é utilizado para arguir informações sobre quantidade, intensidade ou preço.

Qual é o nome do cozinheiro do ratatouille? ›

Quando o destino coloca Remy nos esgotos de Paris, ele se encontra situado debaixo de um restaurante que ficou famoso por causa de seu herói culinário: Auguste Gusteau.

Porque o restaurante foi fechado Ratatouille? ›

Um homem modificado, Ego escreve uma elogiosa crítica, declarando que o chef no restaurante de Gusteau é o melhor chef de toda a França. No epílogo, o restaurante é definitivamente fechado por um inspetor da vigilância sanitária, que encontra os ratos após ter sido avisado por Skinner.

Quem dubla Remy em Ratatouille? ›

Elenco
PersonagemAtor de Voz OriginalDublador
RemyPatton OswaltPhilippe Maia
Alfredo LinguiniLou RomanoThiago Fragoso
Auguste GusteauBrad GarrettJosé Santa Cruz
ColletteJaneane GarofaloSamara Felippo
16 more rows

Quem dubla linguini Ratatouille? ›

Compartilhe. Ao contrário de grande parte dos filmes, quando uma animação vem ao Brasil, não basta apenas legendar, é preciso dar voz em português aos personagens. Em Ratatouille, a Disney convidou Thiago Fragoso e Samara Felippo para interpretar o casal Linguini e Colette.

Como fizeram Leandro Hassum ficar pequeno no filme? ›

Eles fizeram computação gráfica, diminuíram (o Hassum) em computação gráfica, essas coisas, para mostrar que ele tem baixa estatura.

Que tipo de comida O Remi gostava de fazer? ›

Mas Remy acaba fazendo amizade com o atrapalhado ajudante de cozinha Linguini (humano), e juntos, eles preparam o ratatouille, prato típico da culinária francesa que leva o nome do filme, no qual o seu sabor encanta um importante crítico gastronômico da cidade.

Quantos anos tem o Ratatouille? ›

Lançado em 29 de junho de 2007, o filme “Ratatouille”, da Pixar, completa exatos 15 anos de estreia em 2022. A trama ambientada em Paris conta a história do adorável ratinho Remy que tem o sonho de se tornar um grande chefe de cozinha.

Qual a moral da história do filme Ratatouille? ›

Ao conseguir chegar ao restaurante e se deparar com tanta comida, o ratinho não ingere nada, pois o espírito do chef Gusteau aparece para dar uma das várias lições de moral: “Não roube comida, crie”. Tudo bem que roubar é errado, tudo bem que o filme é para as crianças, mas tudo tem um limite.

Qual a mensagem de Ratatouille? ›

O filme nos passa a mensagem de pensarmos grande, pois pensar pequeno ou pensar grande dá o mesmo trabalho, portanto que possamos estar saindo do nosso sofá e correndo atrás dos nosso objetivos. A maior dificuldade de qualquer tarefa e ter a coragem de começar.

Pode ter Ratatouille 2? ›

Apesar de já ter agendadas as estreias de 'Carros 3' (2017), 'Toy Story 4' (2018) e 'Os Incríveis 2' (2019), a Pixar não planeja sequências dos filmes 'Wall-E', 'Ratatouille' e 'Divertida Mente'.

Qual é o nome do restaurante do filme Ratatouille? ›

Restaurante baseado no filme Ratatouille, a diversão com o mesmo nome passa mesmo ao lado e é visível das mesas.

Qual é o nome do cozinheiro do Ratatouille? ›

Quando o destino coloca Remy nos esgotos de Paris, ele se encontra situado debaixo de um restaurante que ficou famoso por causa de seu herói culinário: Auguste Gusteau.

Videos

1. 5 MELHORES FILMES DA PIXAR NA DISNEY PLUS!
(Maratonando)
2. Ratatouille The Remakeboot (DUBLADO)
(Dublando Tudo)
3. But it came out in 2007 Meme Compilation
(Alon Kilci)
4. MAKING DISNEY'S RATATOUILLE...MEAT LOVERS STYLE
(Chiicheme)
5. Anton Ego prova o Ratatouille | Ratatouille (2007) [DUBLADO - HD]
(Henrique Brandão)
6. 10 Curiosidades de Ratatouille (la Película)
(Draquio)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Eusebia Nader

Last Updated: 03/04/2023

Views: 6220

Rating: 5 / 5 (60 voted)

Reviews: 83% of readers found this page helpful

Author information

Name: Eusebia Nader

Birthday: 1994-11-11

Address: Apt. 721 977 Ebert Meadows, Jereville, GA 73618-6603

Phone: +2316203969400

Job: International Farming Consultant

Hobby: Reading, Photography, Shooting, Singing, Magic, Kayaking, Mushroom hunting

Introduction: My name is Eusebia Nader, I am a encouraging, brainy, lively, nice, famous, healthy, clever person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.